NotíciasNo ar, o último episódio do documentário em comemoração aos 50 anos da Penalty

No ar, o último episódio do documentário em comemoração aos 50 anos da Penalty

Você já deve saber que a Penalty está completando cinco décadas de existência. Apesar de ser um período difícil e atípico para o Brasil e para o mundo devido à pandemia do novo coronavírus, nós do #EuSouPenalty não poderíamos deixar de registrar a importância desses 50 anos da Penalty e dos 75 anos da Cambuci SA.

COMEMORAÇÕES

Nossas festividades foram apenas remotas, mas nem por isso menos especiais. A Penalty lançou a série de vídeos e publicações: #SeLiganaHistória, compartilhando uma linha do tempo com os principais acontecimentos durante toda nossa trajetória.  

COMO TUDO COMEÇOU

Roberto Estefano, fundador da marca Penalty, foi o responsável por contar quando começou seu trabalho com os negócios da família, em 1968. Delineando os principais acontecimentos desde quando assumiu a “Malharia Cambuci”, até os dias atuais. (Assista o episódio 1).  

“Fabricávamos roupas de crianças, vestidos, era bem diversificado”, lembrou Estefano. Segundo ele, depois de uma grande encomenda de uniformes, ele, os irmãos Ricardo e Eduardo e os primos Ryad e Antonio, tomaram gosto pelo negócio. Depois disso, registraram a marca Penalty e, começaram uma produção direcionada à confecção de vestimentas e equipamentos esportivos.

PIONEIRISMO DA PENALTY

No segundo vídeo da série, Roberto Estefano falou sobre a preocupação da Penalty em sempre estar à frente nos quesitos: inovação e qualidade.  

“Começamos a olhar, que o mercado internacional começava a mudar, que as pessoas pensavam mais em tecnologia”, disse relembrando quando a marca iniciou a produção de meias de poliamida e quando assumiu um novo desafio: a fabricação de bolas.“As bolas internacionais eram sem costura e aqui no Brasil só se fabricava bola costurada à mão”, contou, destacando que a vontade da Penalty em se desenvolver e oferecer o melhor, nos fez expert no assunto. (Assista o episódio 2).

SUCESSO NO MERCADO DE CALÇADOS

No terceiro episódio, trouxemos alguns detalhes sobre a evolução na produção de calçados para a prática esportiva. “Foi um sucesso, desenvolvemos calçados, fomos melhorando, contratamos jogador”, no depoimento, Estefano citou um clássico produzido pela marca nos anos 80, o tênis Penalty Douglas. (Assista o episódio 3).

PARCERIAS E PATROCÍNIOS

Fizemos história quando o assunto é parcerias de sucesso. Mais de 30 patrocínios de times, brasileiros e estrangeiros. A Penalty também sempre esteve ao lado de associações, confederações e ligas, dentro e fora do país. “Patrocinamos praticamente todos os grandes times do Brasil”, lembrou Estefano, considerando a participação fundamental da marca no crescimento do vôlei e do futsal.  

Além disso, soma o patrocínio de atletas e técnicos de diferentes modalidades esportivas, como: vôlei, basquete, ginástica olímpica, futsal e futebol. (Assista o episódio 4).

MERCADO INTERNACIONAL E FUTURO DA MARCA

No quinto e último vídeo do Se Liga na História, relembramos nossas conquistas internacionais e expansão, Roberto Estefano, prospecta um futuro promissor para a Penalty. “Todo esse trabalho que a gente tem feito, de desenvolvimento, tecnologia, custo benefício, entrega rápida, é o que torna a marca perene. Estamos há 50 anos no mercado, e, vamos continuar mais cinquenta”, finalizou. (Assista o episódio 5).

A série completa está disponível no Instagram da Penalty, clique aqui para assistir.